Empregadores portugueses projetam contratar mais colaboradores

Empregadores portugueses projetam contratar mais colaboradores

Partilhe:

Translate


Empregadores portugueses projetam subida acentuada nas intenções de contratação para o próximo trimestre.[su_spacer]

– As intenções de contratação são 4 pontos percentuais mais altas comparadas com o trimestre anterior

– Setor de Transportes, Armazenagem e Comunicações é o que mais pretende contratar[su_spacer]

O mercado de trabalho em Portugal vai manter-se dinâmico durante o segundo trimestre de 2019, com 16% dos empregadores a pretenderem aumentar o número de colaboradores. As intenções de contratação são 4 pontos percentuais mais fortes quando comparadas com o trimestre anterior, o que abre boas perspetivas para candidatos ativamente no mercado de trabalho.

Estes resultados fazem parte do ManpowerGroup Employment Outlook Survey relativo ao segundo trimestre deste ano, e que projeta uma Perspetiva de Emprego Líquido de +13% para Portugal. O estudo trimestral da ManpowerGroup recolhe as intenções de contratação de 60.000 empregadores em 44 países.

Nas cinco regiões analisadas no estudo, os empregadores pretendem aumentar as contratações durante o período de abril a junho. O mercado de trabalho vai estar mais dinâmico na região Sul, onde a Perspetiva de Emprego Líquido se situa nos +15%. Estão também previstas melhorias significativas para o Centro do país, com uma perspetiva de +14%, enquanto os empregadores na região da Grande Lisboa revelam uma perspetiva positiva de +12%. As perspetivas positivas estendem-se também ao Grande Porto (+10%) e ao resto do Norte, com os empregadores a relevarem uma perspetiva de +9%.[su_spacer]

Empregadores portugueses projetam contratar mais colaboradoresVer gráfico (PDF)

Setor de Transportes, Armazenamento e Comunicações é o que mais vai contratar no segundo trimestre 

Durante o segundo trimestre do ano, antevê-se que o setor de Transporte, Armazenamento e Comunicações, seja o que mais vai aumentar o número de trabalhadores, revelando uma uma perspetiva líquida de emprego de +22%. Também os setores de Finanças, Seguros, Imóveis e Serviços de Negócios (+19%) e Restauração e Hotelaria (+16%) vão recrutar novos colaboradores. Ainda que estes sejam os números mais significativos, também o setor de eletricidade, gás e água e o setor público e social vão estar bastante ativos, com perspetivas de +14% e +13%, respetivamente. Depois de um 2018 bastante forte no setor imobiliário, o abrandamento do mercado este ano faz com que o setor da Construção seja o mais afetado, ainda que a perspetiva (+6%) seja positiva.[su_spacer]

Em comparação com o trimestre anterior, as perspetivas de contratação são mais fortes em cinco dos nove setores analisados. Os empregadores do setor de Restaurantes e Hotéis revelam um aumento considerável de 12 pontos percentuais e as Perspetivas são 10 e 9 pontos percentuais mais acentuadas no setor de Transporte, Armazenamento e Comunicações e no setor Público e Social, respetivamente. No entanto, as empresas no setor de comércio grossista e retalhista registam uma queda de 5 pontos percentuais.[su_spacer]

Grandes empresas antecipam maior crescimento

Quando comparadas por dimensão, todas as quatro categorias pretendem aumentar o número de contratações durante o próximo trimestre. As grandes empresas são as que indicam as mais fortes intenções de contratação, com uma perspetiva líquida de emprego  de +35%. Nas outras categorias, as contratações devem manter-se estáveis por parte das pequenas e médias empresas, com perspetivas de +15% e +13%, respetivamente, enquanto os microempresas, apesar de positiva, revelavam uma perspetiva mais cautelosa de apenas +2%.[su_spacer]

Raúl Grijalba, Mediterranean Regional Managing Director da ManpowerGroup adianta que “os resultados do ManpowerGroup Employment Outlook Survey para o segundo trimestre de 2019 revela boas perspetivas para quem esteja ativamente à procura de trabalho. Verificámos um ligeiro abrandamento no início de 2019, em parte devido às previsões económicas para este ano, mas a realidade é que as empresas estão novamente bastante confiantes e isso reflete-se nas intenções de contratação para este trimestre”.[su_spacer]

Empregadores portugueses projetam contratar mais colaboradoresVer gráfico (PDF)

As intenções de contratação mais acentuadas em 15 países durante este trimestre

O estudo da ManpowerGroup relativo ao segundo trimestre de 2019 revela que são esperados ganhos na criação de emprego 40 dos 44 países e territórios no período até ao final de junho. Dos 44 países analisados, as intenções de contratação para o próximo trimestre são mais fortes em 15 em comparação com o trimestre anterior. Estes valores são mais baixos em 18 e permanecem inalteradas em onze. Numa comparação com este período há um ano, as perspetivas melhoram em 13 países e territórios, diminuem em 27 e permanecem iguais em apenas quatro. Países como a Croácia, Japão, Grécia, EUA, Hong Kong e Taiwan devem estar mais ativos durante estre trimestre, enquanto na Argentina, Hungria, Espanha e Turquia, o número de contratações deve ser mais baixo neste período.[su_spacer]


[su_spacer]


Partilhe:

Comentar