A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

Salvé a Língua de Camões encena o texto “Frankenstein, fragmentos da guerra”

28 Junho » 21:30

Cartaz Salvé a Língua de Camões
Partilhe:
  • 7
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O próximo Salvé debruça-se sobre o texto de Sérgio Roveri: “Frankenstein, fragmentos da guerra

Sinopse:

Há 200 anos, Mary Shelley, uma jovem de 19 anos, lançava a primeira obra de ficção científica da história. Falamos de Frankenstein, livro que narra a jornada do Doutor Victor Frankenstein na tentativa de fazer uma criatura viva a partir de restos mortais. O projeto Salvé a Língua de Camões apresenta, este mês, a leitura dramatizada de uma adaptação, pelo dramaturgo Sérgio Roveri, no qual o conto é transportado para os tempos atuais: uma Síria devastada pela guerra, pela fome e pelo medo.

Sobre o autor:

SÉRGIO ROVERI nasceu em Jundiaí, São Paulo. É jornalista e dramaturgo. Formado pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas, trabalhou na Editora Abril e no Jornal da Tarde, do grupo O Estado de S. Paulo, onde foi repórter, redator e editor de Variedades.

Estreou como autor teatral em 2003, com a peça Vozes Urbanas, selecionada para o projeto Agora Metrópoles do Século 21. Hoje tem mais de 25 textos teatrais escritos, e destes, 19 encenados com sucesso. Já recebeu três Indicações ao Prêmio Shell de Melhor Autor, vencendo em 2006 com o texto Abre as Asas Sobre Nós.

Escreveu, a convite da Cultura Inglesa e do British Council, a peça infantojuvenil O Mistério na Sala de Ensaio, para o projeto Conexões, publicada em outubro de 2009.
Integrou a equipe de guionistas que escreveu a série Norma, da Rede Globo de Televisão, e Três Teresas, do canal GNT.

Foi um dos três dramaturgos brasileiros convidados para representar o Brasil na Feira do Livro de Paris, realizada em março de 2015.
Tem textos traduzidos para o espanhol, inglês, francês e italiano.

É um autor amplamente premiado:

– PRÉMIO DIVERSIDADE MELHOR DRAMATURGIA 2004, com o texto: O Encontro das Águas, 2004
– PRÉMIO SHELL DE MELHOR AUTOR 2006, com o texto: Abre as Asas Sobre Nós
– PRÉMIO FUNARTE DE DRAMATURGIA TEATRO ADULTO, com o texto: Andaime.
– MELHOR AUTOR PRÉMIO SHELL, 2008 com o texto: Coleira de Bóris
– MELHOR AUTOR PRÉMIO SHELL, 2014 com o texto: Os Que vêm com a Maré
– PRÉMIO GOVERNADOR DO ESTADO, 2014 pelo conjunto dos textos: Palavra de Rainha, Medeia:1 Verbo e Tempos de Marilyn
– MELHOR AUTOR PRÉMIO APCA, 2016 com o texto: Não Contém Glúten

Sobre o projeto:

A difusão de dramaturgias em língua portuguesa pela leitura encenada é a característica do “Salvé a Língua de Camões”, projeto que visa repensar os espaços de democratização do teatro. Diferente de um espetáculo, a leitura encenada trabalha a vertente e enraizamento de cariz popular, assim como a renovação cénica depurada; não distingue o espaço de plateia/espaço de representação. Ator, dramaturgia e espetador fazem este formato permeável, originando perceções ou modos de sentir o teatro como a arte mais próxima.  

28 junho 2018
Horário: 21h30
Salvé a Língua de Camões
Direção da Leitura: William Gavião.
Parceria: Companhia de Teatro Reator de Matosinhos e Câmara Municipal de Matosinhos.
Parceiros do projeto de dramaturgia: Centro de dramaturgia contemporânea de São Paulo; Teatre dels Argonautes, Barcelona.
CE: maiores de 14 anosInformações e inscrições: info.cb@cm-matosinhos.pt
Museu da Quinta de Santiago
Rua de Vila Franca, 134 | Leça da Palmeira, Matosinhos
telf.: 229392410

MAIS VISTOS:
  •  
    7
    Shares
  • 7
  •  
  •  
  •  
  •  

Detalhes

Data:
28 Junho
Hora:
21:30
Categoria de Evento:

Local

Museu da Quinta de Santiago
Rua Vila Franca 134
Leça da Palmeira, Matosinhos 4450-802
+ Mapa do Google
Telefone:
22 939 2410