Iniciada obra de acesso pedonal ao Hospital Pedro Hispano

Iniciada obra de acesso pedonal ao Hospital Pedro Hispano
Partilhe:

Translate


O presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde de Matosinhos, Taveira Gomes, e a presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, assinalaram ontem o arranque da construção do novo acesso pedonal ao Hospital Pedro Hispano.

A construção do acesso pedonal, num investimento de 326.478. 85 euros, conta com o apoio da Autarquia em 50 mil euros e visa solucionar, definitivamente, um problema antigo, que persiste desde a abertura do hospital, obrigando os utentes a percorrer uma rampa de inclinação acentuada.

Trata-se de um reivindicação antiga, quer por parte da instituição, que tem vindo a tentar minimizar o problema com outras soluções, quer por parte da Autarquia, que sempre se envolveu na sua resolução, e da própria comunidade, uma vez que a inclinação acentuada da rampa cria dificuldades de acesso ao Hospital Pedro Hispano, em particular às pessoas com mobilidade condicionada ou reduzida.

A solução agora a concretizar teve como critérios fundamentais a resolução definitiva do problema, conseguindo um equilíbrio entre as necessidades funcionais e um custo compatível com as disponibilidades orçamentais, inserindo-se de forma harmoniosa na arquitetura do edifício.

Iniciada obra de acesso pedonal ao Hospital Pedro Hispano
Taveira Gomes, e a presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro

Começou ontem a ser resolvido um problema de mobilidade com mais de 20 anos.

A 20 de março de 1997, o Hospital Pedro Hispano abria as suas portas, substituindo o antigo Hospital Distrital de Matosinhos. Num espaço moderno e funcional, o novo hospital assumiu características inovadoras na prestação de cuidados de saúde e de atendimento aos seus utentes.

Todavia, um problema persiste desde a sua construção. A entrada para o Hospital Pedro Hispano é efetuada por um acesso em rampa, desde a Rua Eduardo Torres até à fachada do edifício. A inclinação (cerca de 10%) cria dificuldades, em particular às pessoas com mobilidade condicionada ou reduzida.

Ao longo dos anos foi sendo reivindicada uma solução para este problema. A Câmara Municipal e a Unidade Local de Saúde (ULS) de Matosinhos implementaram uma medida provisória para minimizar o problema, disponibilizando um serviço de transporte gratuito de doentes entre a entrada exterior e a receção do Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos.

Em dezembro de 2019, foi lançado o concurso para a construção do acesso pedonal, desde a via pública até à porta do hall de entrada do Hospital Pedro Hispano com uma inclinação adequada, respeitando o previsto na legislação atual.
Em virtude da pandemia por COVID-19, só hoje foi possível dar início à empreitada.


Partilhe:

2 Comentários

Comentar