Lionesa disponibiliza moratória na renda às empresas que acolhe

Centro Empresarial da Lionesa
Partilhe:

68 empresas da Fábrica 3ás e 112 empresas do Centro Empresarial Lionesa podem beneficiar desta medida de apoio que permite suspender rendas.


Partilhe:

Partilhe:

Translate

O grupo Lionesa, proprietário daquele que é considerado o maior centro empresarial da região do Grande Porto, oferece às empresas “residentes” no Centro Empresarial Lionesa e na Fábrica 3ás a possibilidade de suspenderem parte ou a totalidade dos valores de arrendamentos dos próximos seis meses. Uma moratória que permite que estes valores sejam posteriormente liquidados, de forma diluída e sem juros, entre janeiro de 2021 e o final do contrato vigente entre cada empresa e o centro empresarial.

Este apoio já foi apresentado às 112 empresas e estabelecimentos comerciais do Centro Empresarial Lionesa e às 68 empresas da Fábrica 3ás, podendo entrar em vigor já a partir de abril.

A medida será implementada a dois níveis:

– Os Estabelecimentos Comerciais podem usufruir de uma moratória de 100% do valor da renda, condomínio e estacionamento. Esta moratória será postecipada e diluída para o período entre Jan 2021 e os meses vigentes de contrato.

– As empresas que aderirem a alguma das medidas extraordinárias criadas pelo Governo como resposta à situação epidemiológica do novo surto de Coronavírus – COVID 19, nos próximos seis meses, podem beneficiar de uma moratória de 50% do valor da renda, do condomínio e do estacionamento. 

“A postecipação do valor dos arrendamentos nada mais é do que uma solução que implementamos para apoiar as empresas que estão connosco e que, tal como outras, se encontram a viver momentos difíceis.” explica Pedro Pinto, Founder CEO do Grupo Lionesa.

“Numa altura em que as empresas enfrentam dificuldades, o Grupo Lionesa quer ser uma força, uma mais-valia, e não uma fraqueza quando estas empresas regressarem à sua atividade regular, com as despesas inerentes”, acrescenta o mesmo responsável.

Centro Empresarial da Lionesa
Centro Empresarial da Lionesa

O Grupo Lionesa detém dois centros empresariais a norte de Portugal:

O Centro Empresarial da Lionesa

Lionesa é o maior e mais dinâmico centro de negócios dedicado à indústria 4.0 em Portugal. Com mais de 110 empresas, é um agente de inovação e aceleração de empresas e talentos à escala global. Foca-se na criação de espaços de trabalho personalizados para responder às necessidades de cada cliente e na criação de um ecossistema que facilita a vida das 5.000 pessoas que passam os seus dias na Lionesa.

Atualmente conta com uma área bruta locável de 51.000metros quadrados que duplicará nos próximos anos para os 110.000 metros quadrados gerando novos espaços para escritórios, um Concept Hotel, espaços de retalho, equipamentos desportivos e uma ciclovia na margem com o rio Leça.

E a Fábrica 3ás

A Fábrica 3ás é um Centro Empresarial localizado no espaço recuperado e remodelado da antiga fábrica de óleos AAA, com uma área bruta locável de 13.000 metros quadrados, na cidade da Maia. A marca três ás assume no seu novo posicionamento a ligação entre: o (a)mbiente envolvente e social;(a)rte enquanto fonte de inspiração e (â)ncora para qualquer negócio.

Mantém os silos icónicos, que continuam a desempenhar a sua funcionalidade de armazenamento de cereais. O espaço ainda preserva um relevante espólio arquitetónico, no qual se destaca a obra dos arquitetos portuenses Arménio Losa e Cassiano Barbosa – o Edifício Losa. A par, fazendo a ligação com a contemporaneidade, promove diversas instalações artísticas.

Disponibiliza uma diversidade de serviços às mais de 60 empresas que estão instaladas com showrooms, serviços de redundância, distribuição box de armazenagem temporária. Conta ainda com uma grande superfície Continente Bom Dia.


Partilhe:

Comentar