Faculdade de Direito debate o papel dos whistleblowers na investigação

Ana Gomes debate o papel dos whistleblowers
Partilhe:

Sessão premium do programa do ADN do Jurista conta com a participação especial da jurista, diplomata e ex-eurodeputada Ana Gomes


Partilhe:

Partilhe:

Translate

Qual é o papel dos whistleblowers na investigação e combate à criminalidade organizada? No âmbito do programa ADN do Jurista, a Escola do Porto da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa promove uma sessão premium em que a questão dá o mote à conversa. O momento – que decorre a 12 de março, às 17h30, no campus Porto da Católica – terá a participação especial da jurista, diplomata e ex-eurodeputada Ana Gomes, que, nos últimos tempos, se tem dedicado à temática dos whistleblowers na investigação da criminalidade organizada e do combate a crimes transnacionais (fraude fiscal e financeira). A existência da nova figura da Procuradoria-Geral Europeia promoverá a reflexão sobre as suas implicações na atuação dos Ministérios Públicos nacionais, designadamente no modo diverso como têm atuado no caso dos denunciantes.

A 12 de março, às 17h30, na Universidade Católica, no Porto

A moderação da sessão estará a cargo de Pedro Freitas, docente da Escola do Porto da Faculdade de Direito, e de Ana Martins, coordenadora executiva do ADN do Jurista. Destaque-se que esta sessão se assume como uma oportunidade única para participar numa conversa centrada no modo como a cidadania e o Direito se entrecruzam, conduzida por uma interlocutora com uma ampla experiência e know how nestas áreas. Refira-se que a entrada é livre, mas carece de inscrição, disponível aqui.

ADN do Jurista: A marca da inovação

Recorde-se que o programa ADN do Jurista se dirige a estudantes da licenciatura em Direito e tem como objetivo preparar os alunos para os desafios reais do mercado profissional, interligando cidadania e empregabilidade. Lançado em 2012, o programa – pioneiro no ensino do Direito – materializa a marca de inovação da Escola do Porto da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa que acaba de comemorar 40 anos.


Partilhe:

Comentar