Sara e Casillas pagam seis mil euros de renda no Porto

Casa de Iker Casillas

Partilhe:

Translate

Sara Carbonero e Iker Casillas elegeram um condomínio fechado entre a Foz e o Fluvial, no Porto, para viver. Avaliado em 2 milhões de euros, o apartamento custará 6 mil euros mensais ao casal que o arrendou.
Apesar de o novo guarda-redes ter fotografado um casal de novos vizinhos que mostrou nas redes sociais, certo é que, na zona da Cantareira, na marginal portuense do rio Douro, muitos só souberam que o novo guarda-redes do F.C. Porto estava ali a morar “pela revista Hola”.

Na quarta quarta-feira, 12 de agosto, a publicação espanhola publicou imagens exclusivas de Sara Carbonero a sair da nova casa que, juntamente com Casillas, escolheu “por causa do sossego e da paisagem”. Estava ao volante de um carro com matrícula portuguesa e parecia à-vontade com os novos ares.

A opção estava no lote de outras que a jornalista e Iker Casillas viram entre Gaia e Leça da Palmeira. Uma delas situa-se no empreendimento onde antes viveram Hulk, Lucho e Casemiro que “gostaram muito, mas a localização não agradou”, disse fonte conhecedora do processo ao JN.

Casa de Iker Casillas

A escolha recaiu, então, num local muito procurado por turistas, com um bom restaurante de tapas perto, o elétrico amarelo à porta, o Jardim das Sobreiras que se estende até ao Passeio Alegre para passeios com o pequeno Martín, de 19 meses, o único filho do casal, com a confluência do Douro com o Atlântico como cenário.

O T5 tem piscina privativa e um grande terraço, além de outros atributos que o avaliam, segundo a “Hola”, em dois milhões de euros. Com um contrato por dois anos com o Porto, Casillas optou pelo arrendamento que lhe custará 6 mil euros mensais.

Instalados, Sara e Iker receberam, já durante a manhã desta quinta-feira, mobília e eletrodomésticos vindos da casa que tem em Madrid trazidos por uma transportadora espanhola que chegou cedo. Pouco depois, chegava uma carrinha de uma cadeia também espanhola para entregar mercearia aos mediáticos inquilinos.

in JN


Partilhe:

Comentar