Marginal de Leça da Palmeira

Marginais com wifi gratuito
Partilhe:

Translate


Para os leitores assíduos dos meus artigos de opinião certamente fará alguma confusão eu escolher a marginal como símbolo de Leça da Palmeira.

Reconheço que sou um dos críticos da marginal, nomeadamente no que respeita à falta de equipamentos. Faz-me confusão que uma marginal como a nossa privilegie a aparência à funcionalidade. Até entendo que seja uma obra de autor, não de um qualquer arquiteto, mas de um dos mais famosos e galardoados a nível mundial, Siza Vieira. Só o simples nome do autor serve de atração para inúmeros turistas que querem ver ao vivo algumas das obras mais emblemáticas do arquitecto Siza Vieira. Não esqueçamos que na marginal estão integradas a piscina das marés e a Casa de Chá da Boa Nova, já anteriormente descritas por mim neste bloco de artigos sobre os símbolos de Leça da Palmeira.

Marginal de Leça

Mas não entendo a passividade dos políticos matosinhenses que nada fazem para remediar alguns dos aspectos negativos identificados pelos utentes da marginal: a fraca iluminação que a torna insegura principalmente nos meses de inverno; a inexistência de uma ciclovia devidamente assinalada, o que faz com que as bicicletas coabitem com os peões e com os perigos daí inerentes; a falta de equipamentos desportivos, de lugares de repouso com sombras, de zonas de lazer, de abrigos nas paragens de autocarros, de bebedouros para os desportistas.

Sendo conhecedores das «queixas» dos utentes, os nossos autarcas poderiam e deveriam ter uma atitude mais interventiva.

Mas, apesar destas críticas à funcionalidade da marginal, não podemos, eu e os restantes utentes que apontamos os aspetos negativos acima referidos, de destacar que a marginal de Leça da Palmeira é linda.

Basta ver as imagens aéreas, visíveis em variados filmes do Youtube, as fotos belíssimas que os utentes da marginal tiram em diferentes meses do ano e horas do dia. Quem não relembra as imagens do mar, do horizonte, dos barcos a navegar, das pessoas na praia.

Para quem ainda dúvida, aconselho uma subida ao farol da Boa Nova. Subam e vejam a marginal, apreciem as obras de Siza Vieira, o Porto de Leixões, as esculturas de homenagem a António Nobre, os barcos que navegam no oceano, os surfistas na praia de Leça e do Aterro.

Mas não percam a oportunidade de consultar imagens antigas de Leça. Podem faze-lo neste sítio, ou noutros que apresentam imagens da «Leça antiga». Existem vários sítios, alguns dos quais já referi anteriormente. Verão que já a anterior marginal era linda, com o seu mural, os chorões, o piso em saibro.

Resumindo, Leça é linda.

Joaquim Monteiro


Partilhe:

3 Comentários

  • Sim, realmente linda.
    Além da falta do apoio aos transeuntes é imprescindível colocar iluminação junto ao passeio da praia, pois só existem candeeiros no separador central ficando o passeio da praia sem iluminação.

  • Linda,muito linda,faltam só apoios aos transuentes, bebedouros, WC ,etc.

Comentar