Tubarão foi capturado a norte de Aveiro e transportado para Matosinhos

tubarão-mako
Partilhe:

Translate

Uma imagem de um imponente tubarão, capturado em águas nacionais, tem vindo a dominar as redes sociais nos últimos dias.

Na verdade muito pouco foi adiantado com a partilha da imagem feita por Francisco Cruz, supostamente o autor da mesma, mas sabe-se que o animal foi capturado a norte de Aveiro, há três dias. O motivo é desconhecido, mas acredita-se que ficou preso nas redes de pesca e acabou por morrer.

Desconhecida é também a distância a que se encontrava de terra. A quantas milhas náuticas mais concretamente?

O facto de não se conhecer o motivo da captura tem vindo também a gerar alguma polémica, pois, enquanto uns são a favor da sua eliminação, apenas por se tratar de um predador feroz e implacável, outros reconhecem a sua importância na cadeia alimentar e gostariam de ter visto o animal ser devolvido ao seu habitat natural.

Crê-se ser um tubarão-mako (também conhecido por tubarão-sardo) que pode chegar aos 4,3 metros de comprimento e 580kg de peso. Possui uma cor azul metálica e é considerado o tubarão mais rápido de todos, sendo um excelente nadador podendo atingir os 88 km/h em curtas distâncias. Alimenta-se de peixes de alto-mar e de outros tubarões… e não é conhecido por se aproximar da costa ou atacar humanos.

A imagem foi conseguida na Docapesca de Matosinhos onde, a determinada altura se pode ler na caixa de comentários, mais espécimes do género são passíveis de serem encontrados a qualquer hora da madrugada.

in Surftotal


Partilhe:

Comentar