Ladrão é travado por funcionários de posto de combustível

Posto Galp A28

Partilhe:

Translate


Usou pistola falsa para ameaçar e atacar gasolineira.

Um homem, com 42 anos, assaltou o posto de combustível Galp na A28, em Matosinhos. O ladrão, que estava de cara tapada e armado com um revólver – que se veio a verificar ser falso – acabou por ser travado pelos próprios funcionários do estabelecimento.[su_spacer]

Eram cerca das 15h30 de sábado quando o ladrão aproveitou o facto de o funcionário estar sozinho no estabelecimento para o assaltar. Chegou ao balcão, mostrou a arma e ordenou que a vítima colaborasse com ele. Em pânico, o funcionário da gasolineira deixou que o assaltante pegasse na gaveta da caixa registadora. No entanto, quando o ladrão se preparava para abandonar o posto de combustível, com a gaveta do dinheiro, foi surpreendido por um outro funcionário que tinha acabado de chegar ao seu posto de trabalho e o agarrou. Com a ajuda do colega que tinha acabado de ser assaltado, conseguiu manietar o ladrão e alertar as autoridades para a situação.[su_spacer]

À chegada da PSP, o ladrão estava amarrado. Tanto o assaltante como um dos funcionários ficaram com ferimentos ligeiros, resultantes do confronto físico. Os dois foram transportados pelos bombeiros para o Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, para serem assistidos, mas já tiveram alta.
O funcionário voltou ao seu posto de trabalho. Ao CM não quis falar sobre o caso, revelando apenas que sentia algumas dores, resultantes da agressão mas que se encontrava bem. O assaltante, residente no Porto, foi detido pela PSP e será presente a tribunal.

in CM


Partilhe:

Comentar