Paulo Catrica expõe “PPP porosità, poética e política”

Fotógrafo Paulo Catrica expõe “PPP porosità, poética e política” no Porto

Translate

Com curadoria de Carlos Lobo, fotógrafo e professor da Escola das Artes


Revelando o seu interesse particular pela ideia de “lugar comum”, o fotógrafo Paulo Catrica apresenta, do dia 21 de março a 18 de abril, na Sala de Exposições da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa no Porto, a exposição “PPP porosità, poética e política”. Com curadoria de Carlos Lobo, fotógrafo e professor da Escola das Artes, esta exposição tem a pretensão que o uso quotidiano, banalidade e monumentalidade, da paisagem, da arquitetura e do espaço público se podem revelar através das fotografias. A exposição estará patente ao público, das 14h00 às 19h00, com entrada Livre.

Tendo por base a residência artística/encomenda do projeto Madonie. Paesagi 1973/2021. Fondostorico e nuovecommitenze.“A exposição procura revisitar esta região da Sicília enquanto paradoxo entre a beleza extrema e a banalidade, onde a resiliência e a porosidade das paisagens e da arquitetura – históricas e contemporâneas -, são como resíduos de um corpo que resiste e revela as suas cicatrizes,” refere Carlos Lobo, docente da Escola das Artes e curador desta exposição, acrescentando “não como ruína, decadência ou abandono antes como matéria viva.”  Na expectativa de (re)criar um palimpsesto poético e político, que remete para a origem etimológica da palavra, do latim palimpsestos, e do grego palimpsêstos, como ‘raspado’ para escrever de novo.

Imperfeitas como um território de memórias estas fotografias ‘raconti’ revelam, como escreve Ferdinand Braudel no seu ‘O Mediterrâneo e o Mundo Mediterrânico’, uma Sicília que não é uma mera ilha, mas sim um verdadeiro ‘continente’. Povoada por sicanos, elíminos e sículos a Sicília foi parcialmente ocupada, dominada ou disputada por Fenícios (séc IX a.C.), Gregos (século VIII a.C), Cartagineses (séculos V a III a.C), Romanos (séc. III  a.C. a séc. I), Vândalos (440-493), Ostrogodos (493-555), Bizantinos (535-1043), Árabes (827-1091), Normandos (1060-1194), Suábios (1185-1266), Aragoneses (1282-1513), Espanhóis (1513-1713), Piemonteses (1713-1718), Bourbônicos (1734-1860) e finalmente depois de 1860 unificada como parte de Itália.

PPP porosità, poética e política”, de Paulo Catrica, é a terceira de quatro exposições do ciclo “Não foi Cabral: revendo silêncios e omissões”, um programa em co-curadoria entre Lilia Schwarcz e Nuno Crespo, que contempla uma agenda de concertos, conferências, exposições e performances, que decorrem até 24 de maio. O ciclo é organizado pela Escola das Artes, em parceria com a Universidade de São Paulo (Brasil) e a Universidade de Princeton (EUA). A exposição de Paulo Catrica estará patente ao público entre 21 de março e 18 de abril.

Exposição “PPP porosità, poética e política”

Artista: Paulo Catrica
Curadoria: Carlos Lobo
Patente ao público de 21 de março a 18 de abril
Entrada Livre • 14H00 – 19H00
Local: Sala de Exposições da Escola das Artes
Universidade Católica Portuguesa – Porto
Rua de Diogo Botelho, 1327, 4169-005 Porto


Data

01 - 18 Abr 2024
A decorrer...
Escola das Artes - Católica Porto

Local

Escola das Artes - Católica Porto
R. de Diogo Botelho 1327, 4169-005 Porto
Categorias

Abril 2024

SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB
DOM
1
2
3
4
5
6
7
Events for 1 Abril
Sem Eventos
Events for 2 Abril
Sem Eventos
Events for 3 Abril
Sem Eventos
Events for 4 Abril
Sem Eventos
Events for 5 Abril
Sem Eventos
Events for 6 Abril
Sem Eventos
Events for 7 Abril
Sem Eventos
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
1
2
3
4
5