Grande Porto

Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota “renasce” no coração do Porto

Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota

Super Bock Arena tem capacidade para 8 mil pessoas

Projeto de intervenção teve como objetivo preservar a identidade do edifício, bem como assegurar a acústica para todos os tipos de eventos.

Depois de um rigoroso plano de intervenção e da implementação de mecanismos de engenharia inovadores, “renasce” um dos edifícios mais emblemáticos da cidade do Porto: o Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota. A inauguração oficial decorreu ontem e o concerto de abertura deste novo espaço fica a cargo dos Ornatos Violeta, na quinta-feira, às 22h00 (com uma segunda data na sexta-feira, 1 de novembro, à mesma hora).

Inauguração Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota
Cerimónia de inauguração

Projetado pelo consórcio Círculo de Cristal, constituído pela Lucios e pela PEV Entertainment, o novo espaço está dotado das mais modernas tecnologias e tem capacidade para acolher até oito mil pessoas em eventos culturais, desportivos e empresariais de grandes dimensões. Dada a proximidade do edifício a alguns dos marcos arquitetónicos mais emblemáticos da cidade, o Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota irá também atuar enquanto polo de dinamização cultural.

Super Bock Arena – Auditório
Auditório em anfiteatro

Nova vida, nova arena, novas valências

Uma das grandes novidades do projeto é a criação de um Centro de Congressos, no piso -1, composto por um auditório em anfiteatro, com capacidade para 532 lugares, uma zona de exposição e quatro salas planas destinadas a eventos empresariais. Os eventos corporate podem ainda decorrer na arena, que conta com capacidade para 5.500 lugares sentados.

As bancadas retráteis são uma das inovações do Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota, uma vez que permitem adaptar o espaço não só ao conceito do evento, como também ao número de pessoas previsto. Respeitando a arquitetura exterior, o edifício dispõe ainda de um restaurante com vista para o lago e jardins do Palácio de Cristal, cuja abertura está prevista para o primeiro semestre de 2020, e um food court de apoio à atividade. No primeiro e terceiro pisos é possível aceder às tribunas. Já os 23 camarotes estão localizados no segundo piso.

Super Bock Arena – Pavilhão Rosa

Adoção de práticas sustentáveis neste novo projeto

O projeto do Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota foi concebido salvaguardando práticas sustentáveis, com o objetivo de deixar uma pegada verde na cidade e no país. Para tal, foram adotadas medidas que prometem garantir uma maior eficácia energética e otimização dos recursos utilizados. Uma delas consiste na refrigeração natural das máquinas de controlo de temperatura recorrendo à utilização da água do lago dos Jardins do Palácio de Cristal, o que permite reduzir os consumos energéticos e gastos de água em cerca de 40 por cento.

A substituição dos vidros existentes na cúpula do edifício por vidro duplo termolaminado pelo interior e temperado pelo exterior permite tornar o edifício mais eficiente do ponto de vista energético. A adoção de sistemas de iluminação eficiente – como lâmpadas LED – e práticas responsáveis de tratamentos de resíduos são outras das opções sustentáveis adotadas pelo novo espaço.

Cúpula - Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota
Cúpula

Melhor acústica para todo o tipo de eventos

Uma das preocupações na conceção do novo Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota foi assegurar a acústica do espaço, indispensável para receber todo o tipo de eventos. Ao longo de toda a estrutura da cúpula foi colocada uma multicamada com mais de 40 centímetros de lã de rocha, assim como uma tela acústica que cobre os gomos da cúpula (espaços entre pilares). Esta tela foi devidamente recortada e adaptada a cada óculo de forma a evitar qualquer impacto visual. Os 768 óculos que fazem parte da cúpula do edifício – uma das imagens de marca – mantêm-se, com o objetivo de preservar a identidade arquitetónica exterior.

Super Bock Arena
Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota

No coração da cidade Invicta

O Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota encontra-se numa localização privilegiada, com várias opções de comércio e serviços, uma oferta hoteleira com um crescimento sustentado e ainda acesso a uma grande rede de transportes públicos ou às principais vias de acesso rodoviário. Até à data, o espaço já conta com a confirmação de vários eventos, dos quais se destacam nomes como o projeto “Amar Amália” (16 de novembro), “Lisbon Film Orchestra” (8 de dezembro), Rui Veloso (14 de dezembro) ou “Carmina Burana” (28 de dezembro).

Sending
User Review
0 (0 votes)

Comentar