Noticias

Avaria Ponte Móvel – Junta de Freguesia solicita explicações à APDL

Ponte Móvel

Caos na circulação automóvel relembra necessidade de uma terceira travessia e alargamento da A28


No seguimento do comunicado emitido pela Administração dos Portos do Douro e Leixões (APDL), a propósito da avaria verificada na Ponte Móvel, a Junta de Freguesia de Matosinhos-Leça da Palmeira informa que já solicitou explicações sobre o sucedido, designadamente, a propósito do motivo da avaria e período de interdição da circulação automóvel e pedonal.

Segundo o Presidente da Junta, Pedro Sousa, desde “ao longo dos últimos sete anos, a ponte móvel tem sido objecto de várias reparações, algumas delas bastante prolongadas no tempo, circunstância que, naturalmente, provoca profundos constrangimentos à população local, a quem visita a nossa Cidade ou atravessa Matosinhos e Leça da Palmeira todos os dias para ir trabalhar nos Concelhos limítrofes”, afirmou.

“Compreendemos a necessidade de executar acções de manutenção e conservação, desde que sejam agendadas, de carácter preventivo e céleres. A verdade é que os nossos concidadãos não podem ficar sem alternativa de atravessamento pedonal ou com as suas vidas profundamente prejudicadas pelos sucessivos e demorados encerramentos da ponte móvel”, asseverou o autarca.
Na sequência do ofício dirigido à APDL, “o senhor presidente do conselho de administração, Engº Nuno Araújo, teve já o cuidado, que muito reconhecemos e relevamos, de nos responder, de imediato, e informar-nos que se tratará de uma situação imprevista e que já foram accionados todos os procedimentos de contingência”, concluiu Pedro Sousa.

De acordo com a APDL, do plano de contingência faz parte o seguinte:

  • Informação à população do sucedido;
  • Desvio do trânsito automóvel para o viaduto da A 28;
  • Disponibilização de transporte, gratuito, em autocarro, para os peões (entre Matosinhos e Leça da Palmeira, ao longo de 24 horas, sendo de de 10 em 10 minutos durante o dia e de 20 em 20 minutos durante a noite. As paragens poderão encontrar-se, em Matosinhos, no acesso nascente à Ponte Móvel (junto à paragem da Resende) e, em Leça da Palmeira, por baixo da Ponte (junto à paragem dos STCP).

Ainda a este propósito, recorde-se que, ao longo dos últimos dez anos, a Junta e Assembleia de Freguesia já debateram e defenderam, por várias vezes, a necessidade da construção de uma “terceira travessia” (além da ponte móvel e “ponte grande na A28”) e o respectivo alargamento da A28 entre Matosinhos e a rotunda AEP, por forma a libertar o centro da Cidade do excesso de viaturas que, diariamente, a atravessam em direcção a Concelhos situados a Sul ou a Norte.

Mais se informa que a Junta de Freguesia actualizará as informações em função dos esclarecimentos e elementos fornecidos pela APDL

Fonte: JFMLP

Partilhe:
  • 159
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    159
    Shares
  • 159
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
sendinblue

Leave a Reply