NoticiasServiços

Chave de Afetos arranca em Matosinhos com 52 idosos

Chave de Afetos

Chave de Afetos – Projeto de teleassistência da Santa Casa da Misericórdia do Porto vem complementar a oferta do município.


Programa Chave de Afetos

A Câmara Municipal de Matosinhos assinou ontem um protocolo de parceria para o programa Chave de Afetos, uma iniciativa promovida pela Santa Casa da Misericórdia do Porto e que tem como objetivo promover a inclusão social e as relações afetivas da população sénior do concelho.

Este programa, implementado na Área Metropolitana do Porto na forma de projeto-piloto, conta com um investimento de €35 mil da autarquia de Matosinhos, já chega a 52 idosos isolados do concelho e vem complementar o serviço de Teleassistência Domiciliária Municipal que já dispunha de 160 equipamentos eletrónicos.

“Esta é uma resposta que nos aproxima das pessoas mais velhas que se encontram em situação de isolamento, que os apoia, que lhe dá uma palavra de conforto, e que pode fazer a diferença na sua qualidade de vida, em particular nesta fase tão difícil que atravessamos”, referiu a presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro.

Assinatura do Protocolo
Provedor da Santa Casa da Misericórdia do Porto, António Tavares e Luísa Salgueiro

Teleassistência Domiciliária Municipal

O programa propõe três eixos de intervenção que se complementam. Desde logo a sinalização de casos de pessoas idosas em risco, que é assegurado pelo trabalho de proximidade da rede de parceiros sinalizadores. O serviço de teleassistência domiciliária, através de um dispositivo eletrónico de fácil utilização, que dá acesso automático a um operador disponível 24 horas por dia e 365 dias do ano, é outro dos eixos, complementado com o acompanhamento de voluntários com visitas semanais ou quinzenais.

O modelo deste programa promove o trabalho em Rede com as entidades parceiras – Câmara Municipal de Matosinhos, Santa Casa da Misericórdia do Porto, Uniões de Freguesia, Empresa Municipal de Habitação e Bombeiros Voluntários de Leça da Palmeira – e vai disponibilizar 240 unidades que irão ficar disponíveis ao longo dos 3 anos de duração do projeto.

O Chave de Afetos, aprovado pelo Programa Parcerias para o Impacto da Iniciativa PIS – Portugal Inovação Social, e está a ser implementado em 6 concelhos da Área Metropolitana do Porto (Matosinhos, Maia, Porto, Valongo, Vila do Conde e Vila Nova de Gaia).

Para além da Presidente da Câmara, Luísa Salgueiro, marcaram presença o Provedor da Santa Casa da Misericórdia do Porto, António Tavares, a Vereadora da Saúde, Desenvolvimento e Coesão Social, Ângela Miranda, o administrador da MatosinhosHabit, Tiago Maia, o presidente da junta da União das Freguesias de São Mamede e Senhora da Hora, Leonardo Fernandes, em representação da União das Freguesias de Custóias, Leça do Balio e Guifões, o membro do executivo Júlio Lourenço, e o presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Leça do Balio, Joaquim Silva.

  •  
    5
    Shares
  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Amazon