Desporto

Cristiano Ronaldo supera mais um marco impossível

Cristiano Ronaldo

Esta semana, na vitória do Manchester United frente ao Arsenal (3-2), Cristiano Ronaldo voltou a alcançar um marco histórico, suficientemente importante para ser assinalado, tendo igualado e até superado a barreira dos 800 golos em carreira! Já lá vão 801, já que o craque português fez dois golos, ao passo que Bruno Fernandes fez o golo restante dos Red Devils.

2021 foi de facto um ano com máximos sobrehumanos alcançados pelo herói luso. No último Campeonato da Europa 2021, por exemplo, o madeirense converteu-se no jogador com mais golos em fases finais da competição, para além de ter chegado ao título de melhor marcador dessa edição.

Semanas depois, novamente com as cores nacionais, o português bateu mais um recorde histórico, que muitos achavam impossível, nomeadamente por parte de um jogador de seleção europeia, tornando-se no maior goleador da história por seleções. O iraniao Ali Daei detinha esse recorde, com 109 golos, neste momento Ronaldo já soma 115, e certamente irá elevar esse máximo para a um nível insuperável.

Pelo menos, tal seria o desejo de todos nós, num momento em que a angústia é total, com o sorteio do playoff ter colocado Turquia e, hipoteticamente, Itália, na rota da Seleção Nacional. Precisaremos de um grande capitão naquele momento, uma vez que segundo as melhores casas de apostas do ranking Sportytrader, se Portugal é o favorito para passar a equipa turca, a Itália é a seleção favorita para chegar ao Mundial do Qatar, segundo a Betano, por exemplo.

Nesse sentido, se o 7 da Seleção lusa estiver inspirado, em condições a fazer lembrar aquele mítico jogo diante da Suécia de Ibrahimovic, também no playoff do acesso ao Mundial 2014 (tinha feito os 3 golos da vitória), Portugal estará sempre mais perto do objetivo. Segundo a análise realizada pelos especialistas de previsões de futebol do site Sportytrader, na página prognósticos Mundial 2022, o favoritismo italiano também poderá sofrer alterações, de acordo com o momento dos respetivos jogadores da Squadra Azzurra.

E para além da vontade inabalável de querer ter uma última participação no Campeonato do Mundo de 2022 antes de se retirar, o jogador do Manchester United poderá pensar num novo recorde ao participar na competição. Totalizando 7 golos no conjunto de participações em mundiais (2006, 2010, 2014 e 2018), o lendário Eusébio da Silva Ferreira continua a ser o português com mais golos em Mundiais, com 9 unidades. Este é um dos raros recordes que Cristiano Ronaldo ainda quererá ver inscrito na sua mitologia.


Partilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •