Desporto

Leça só depende de si próprio para chegar à fase de acesso à 2.ª Liga

Vila Real 2-2 Leça FC

O Leça passa a depender apenas de si próprio para aspirar à fase de acesso à 2.ª Liga. Apesar do empate ao cair do pano frente ao Vila Real, beneficiou da derrota do Gondomar em Coimbrões por 2-1.


Domingos Barros fez uma alteração com a entrada de Jardel no lugar de João Paulo.

O Leça não podia pedir melhor início de partida, com um golaço de Samuel Teles aos quarto minutos num remate do ‘meio da rua’ a bater Capela. Terceiro golo na época.

Os leceiros pressionavam bem o portador da bola, criando várias vezes perigo junta da baliza de Capela. Aos oito minutos Jardel colocou à prova o guardião da casa e aos 30 minutos foi a vez de José Varela, de calcanhar, proporcionar ao guardião alvinegro uma boa intervenção.

O Vila Real teve dificuldade em chegar ao último terço do Leça, nos primeiros 15 minutos. Apesar das dificuldades da equipa da casa, o Leça perdia muitas bolas com passes errados na tentativa de desmarcar um jogador para o um-contra-um com o guarda-redes.

Nuno Barbosa pedia à sua equipa para ser mais rápida nos processos ofensivos. O Vila Real tinha mais bola mas não conseguia causar mossa à baliza de Gustavo.

Domingos Barros pedia à equipa para guardar a bola e ter mais controlo pois perdia-a muito facilmente.

Os ‘Bila’ começaram a criar mais perigo e aos 38 minutos, dispõem de uma boa oportunidade, com um cabeceamento de Zé Pedro ao lado. 

A terminar a primeira parte, o Vila Real chegou ao empate com um remate de primeira de Zé Pedro. O guarda-redes Gustavo, apesar de bem colocado, nada conseguiu fazer.

No reatar do encontro, o Leça começou a jogar com mais calma e a circular melhor a bola. Mesmo assim jogava-se mais a meio-campo, com a bola longe das balizas.

No primeiro lance de perigo da segunda metade, o Leça voltou à vantagem. Aos 60 minutos, num lance em que a linha defensiva do Vila Real é apanhada em contrapé, Isaac Cissé com a ‘estrada aberta’ teve tempo e arte para colocar a bola onde queria. Nono golo do avançado costa-marfinense.

A celebração quase se esfumava no lance seguinte, quando Ivanildo falhou um golo cantado, após defesa incompleta de Gustavo mas salva por Cavadas.

A partir daqui o Leça baixou mais as suas linhas e o Vila Real atacou mais. Prova disso é o remate falhado de Eiró, aos 67 minutos, à boca da baliza.

A segunda parte estava a ter a mesma toada da primeira metade. Melhor o Vila Real mas a falhar lances de golo e o Leça com dificuldades para penetrar na linha defensiva adversária.

O jogo estava repartido e, mesmo ao cair do pano, Agostinho Soares, no último lance de jogo, aos 90+5 desfeiteou-se de dois adversários e bateu o guarda-redes leceiro pela segunda vez. Estava feito o empate.    

As próximas contas…

O Leça parte em vantagem para a última jornada da primeira fase da Série C. Para ficar no primeiro lugar e passar à fase de acesso à 2.ª Liga, tem várias formas de o conseguir:

Se vencer o Amarante, fica em primeiro e passa à fase de acesso juntamente com o Braga B, Anadia e o vencedor da Série B (Fafe ou Pevidém).

Se empatar, precisa que o Gondomar e o Trofense empatem ou que uma das duas equipas empate e outra perca, ou que ambas percam.

Se perder, precisa que o Gondomar perca e o Trofense empate ou seja derrotado.

O Leça se não ficar no primeiro lugar vai para a Série 3 de fase de acesso à 3.ª Liga. Junta-se a estes a equipa que não ficar na liderança da Série C, o quarto e quinto classificado da Série D entre duas destas quarto equipas (São João de Ver; Sanjoanense; Valadares e Castro Daire).

O Leça, primeiro classificado com 34 pontos na última jornada da primeira fase recebe o Amarante a 11 de abril às 11:30.


FICHA DE JOGO:

Campo do Calvário
Campeonato de Portugal Série C 21.ª Jornada
Árbitro: Bruno Costa (AF Braga)

Vila Real 2-2 Leça

Ao intervalo: 1-1

Marcadores: Samuel Teles (4), Zé Pedro (45), Isaac Cissé (60) e André Soares (90+5)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Zé Pedro (2); Samuel Teles (9); Sergey Syzyi (56); Carlos Mendes (72) e Eiró (75)

Vila Real: Rui Capela; Óscar Barros (Zé Mota, 89); Pedro Eira; Gustavo; Carlos Mendes (Fontes, 73); Bruno Onyemaechi (Agostinho Soares, 89); Zé Pedro Gregório; Sergey Syzyi (Paixão, 88); André Azevedo; Ivo Lucas (Eiró, 59) e Ivanildo  

Treinador: Nuno Barbosa

Leça: Gustavo Galil; Joel Mateus (João Pedro, 89); Daniel Materazzi; Tiago Cavadas; João Paulino (Vasco Coelho, 89); Guilherme Morais; Nelsinho; Samuel Teles; José Varela (Assane Baldé, 65), Jardel (João Paulo, 59) e Isaac Cissé

Treinador: Domingos Barros

Foto: Leça FC

Por: Diogo Bernardino


Partilhe:
  • 117
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
    118
    Shares
  • 117
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
sendinblue

1 comentário