Luísa Salgueiro visita Centro de Coinovação da Mercadona em Matosinhos

Centro de Coinovação
Partilhe:

Translate

A Mercadona instalou o primeiro Centro de Coinovação em Portugal no município de Matosinhos e convidou a Presidente e o Vice Presidente para conhecer como está a adaptar os seus produtos ao consumidor português.

 

O Centro de Coinovação, em conjunto com o supermercado, com abertura em 2019, representam o investimento da Mercadona em Matosinhos e a criação de emprego naquela cidade.

 

A Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro e o Vice Presidente, Eduardo Pinheiro, visitaram ontem as instalações do Centro de Coinovação da Mercadona em Matosinhos. Nesta visita, a Mercadona teve oportunidade de dar a conhecer todo o trabalho que está a desenvolver para adaptar o seu sortido de produtos ao consumidor português.

 

Neste centro, os cerca de 50 profissionais, especialistas nas distintas categorias de produtos, recolhem informações sobre os produtos que estão a estudar, de forma a conhecer os gostos e necessidades dos portugueses, podendo assim adaptar os produtos e ter a melhor oferta com a máxima qualidade nas prateleiras dos seus supermercados.

Mercadona

O Centro de Coinovação de Matosinhos, localizado na Avenida Menéres, trata-se de um macrolaboratório de ideias, com uma dimensão de 1.000m2, onde a empresa trabalha em conjunto com os “Chefes” portugueses (como a Mercadona denomina os clientes). A empresa conta com 15 centros deste género em Espanha, sendo o de Matosinhos o primeiro em Portugal.

 

A Presidente da Câmara de Matosinhos, Luísa Salgueiro, foi convidada a realizar uma prova cega, com o objetivo de dar a sua opinião sobre o produto atum em conserva e desta forma experienciar, com um caso real, o trabalho desenvolvido pela Mercadona nestes centros.

 

Matosinhos é uma das cidades onde a empresa decidiu apostar no seu projeto de internacionalização em Portugal, instalando um dos seus supermercados e o seu primeiro Centro de Coinovação em Portugal. Para abrir o seu supermercado em Matosinhos a Mercadona comprou a antiga Fábrica de Conservas Vasco da Gama.
Ambos os investimentos representam a criação de cerca de 100 postos de trabalho em Matosinhos.

Mercadona[su_spacer]

Projeto da Mercadona em Portugal

 

A Mercadona conta já com uma equipa de 120 profissionais portugueses, em postos de direção média, na operação em Portugal e está a integrar 200 operadores de supermercado para as suas primeiras 4 lojas.

 

Desde que a empresa anunciou a decisão de começar o seu plano de internacionalização com a entrada no mercado português, em junho de 2016, tem trabalhado para o objetivo de abrir as primeiras quatro lojas em 2019, na zona do Grande Porto. Em março de 2017, a empresa anunciou ter já 9 localizações, onde se encontram as 4 primeiras que a empresa de supermercados abrirá no Grande Porto em 2019: Vila Nova de Gaia, Gondomar, Matosinhos e Maia. Para uma fase posterior estão já definidas outras 5 lojas: Porto, Braga, Penafiel, Barcelos e uma segunda loja em Vila Nova de Gaia.

 

Foi criada a sociedade Irmãdona Supermercados S.A., com o objetivo de pagar os impostos da sua atividade portuguesa em Portugal e tem sede no Porto, onde estão localizados os escritórios, além dos também existentes em Lisboa. Foi desenvolvido também o Centro de Coinovação, em Matosinhos, que pretende ajudar a equipa da Mercadona a definir a gama de produtos em Portugal, adaptada às necessidades do “Chefe” português (como a Mercadona denomina o cliente). A Mercadona está também a construir, na Póvoa de Varzim, um bloco logístico que irá apoiar a atividade em Portugal.[su_spacer]


Partilhe:

Comentar