Nacional

Miio introduz pagamentos ocasionais, sem contrato, para o carregamento de veículos elétricos

carregamento elétrico de veículos

Nova funcionalidade miio Pay lançada pela empresa portuguesa não pressupõe a existência de um cartão de carregamento físico, de um contrato ou a adesão a um serviço.


Após o lançamento da opção de carregamento de um veículo elétrico na rede nacional de forma completamente digital, a miio é novamente a primeira empresa a introduzir esta funcionalidade, comumente chamada de carregamento ad-hoc, que se assemelha ao abastecimento de um veículo a combustão.

A miio, empresa portuguesa que está a inovar na área da mobilidade elétrica, anuncia o lançamento do miio Pay, funcionalidade que permite a realização do pagamento no ato de carregamento do veículo elétrico em toda a rede pública.

Com o objetivo de proporcionar cada vez mais comodidade e transparência aos utilizadores de veículos elétricos, a nova funcionalidade permite que o condutor possa pagar o carregamento do seu veículo em qualquer um dos mais de 2000 postos da rede pública existentes, no mesmo momento em que carrega o veículo elétrico. Anteriormente, o pagamento dos carregamentos era feito uma vez por mês, de forma consolidada.

Empresa portuguesa anuncia o lançamento do miio Pay

O funcionamento do miio Pay é semelhante ao do abastecimento de um veículo a combustão, não requerendo a existência de um contrato ou adesão a um serviço de um CEME (Comercializador de Eletricidade para a Mobilidade Elétrica), ou mesmo a existência de um cartão físico de carregamento. O utilizador necessita apenas de aceder à aplicação miio, indicar qual o valor que pretende carregar, efetuar o pagamento e iniciar a sua sessão de carregamento.

A miio é a primeira empresa a introduzir esta nova funcionalidade e continua a inovar no setor da mobilidade elétrica em Portugal. Proporciona, desta forma, mais comodidade e facilidade de utilização aos condutores de veículos elétricos, que passam a conseguir carregar a sua viatura de forma imediata, mesmo que tenham instalado a app no momento, sem qualquer contrato ou compromisso.

Para Daniela Simões, CEO da miio, ‘miio Pay é mais um passo decisivo para proporcionar maior conveniência aos utilizadores de veículos elétricos. Quer se trate de um utilizador regular ou pontual, como um turista estrangeiro, com esta nova funcionalidade não existem contratos, cartões físicos ou compromissos de adesão a um comercializador. A nossa principal preocupação continua a ser a simplificação da transição de um veículo a combustão para um veículo elétrico: da mesma forma que um utilizador de um veículo a combustão vai a um posto abastecer o seu carro e paga no momento, com o miio Pay o mesmo é agora possível para os utilizadores de veículos elétricos’.

A funcionalidade miio pay está já disponível para utilizadores beta e, passará a estar disponível para o público em geral no dia 30 de abril de 2021.


Partilhe:
  • 1
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    2
    Shares
  • 1
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
sendinblue