Desporto

Primeira parte fantástica do Leça vale regresso aos triunfos

Leça - Salgueiros

A primeira parte fantástica do Leça vale o regresso aos triunfos, num encontro em que sofreu para conseguir a vitória contra uma equipa com mais qualidade do que a classificação mostra.

Domingos Barros fez quatro alterações em relação ao último encontro com as entradas de Joel Mateus; Tiago Cavadas; João Paulino e Samuel Teles nos lugares de Assane; Vasco Coelho; João Pedro e Rudy Monteiro.

A formação leceira deu outra imagem relativamente aquilo que apresentou frente ao Marítimo B, apresentando-se com bons processos ofensivos, ganhando sempre as batalhas a meio-campo, as segundas bolas.

O Salgueiros na primeira parte era uma equipa sem ideias, com uma defesa descuidada na abordagem aos lances, permitindo ao Leça criar a melhor primeira parte da época.

Logo aos seis minutos Joel Mateus colocou à prova Bruno Pinto com um remate fora da área. Aos oito a primeira contrariedade do encontro com a lesão de Nandinho para o Salgueiros.

O Salgueiros só através de bola parada conseguia criar perigo à baliza de Cristiano, que na primeira parte só teve de ter em atenção dois livres diretos à baliza.

A entrada de Samuel Teles no 11 deu outra dimensão à equipa e com uma exibição magistral, apontou os dois golos que deram o triunfo fundamental.

Primeiro aos 21 minutos quando num pontapé de canto, Samuel Teles recebe a segunda bola e com um remate fulminante bate Bruno Pinto que fica pregado ao relvado para inaugurar o marcador.

Aos 33, numa jogada de contra-ataque, erros consecutivos da linha defensiva do Salgueiros permitiram a que Samuel Teles na hora certa e no sítio certo fizesse o mais fácil colocar a bola no fundo das redes.

No recomeço do jogo, o Salgueiros realizou uma excelente segunda parte, com mais intensidade, mais velocidade e oportunidades.

Rui Quinta colocou toda a carne no assador para sair de Matosinhos com pontos, colocando João Victor, Stanley, conseguindo ter mais poderio ofensivo, passando a jogar em 4x2x4, encostando o Leça às cordas.

Aos 57, Laércio falhou de baliza aberta, por duas vezes, tendo mandado as bolas ao poste.

O Leça teve em João Paulo uma enorme oportunidade para fechar as dúvidas de quem saía vencedor do encontro, com um remate perigoso com a bola a bater com estrondo no poste.

O Salgueiros reduziu a desvantagem no marcador aos 73 minutos quando após na marcação de um pontapé de canto Laércio com um excelente pontapé de bicicleta a bater Cristiano.

Os últimos minutos foram de alguma contenção para o Leça, que soube aguentar a pressão e sair do encontro com o regresso às vitórias.

O Leça assim adia a decisão de quem vai à fase de acesso à Segunda Liga para abril, garantindo três preciosos pontos para os objetivos leceiros. 

O Leça, segundo classificado com 33 pontos terá duas semanas sem competição e no regresso vai ao terreno do Vila Real a 3 de abril às 16:00 na penúltima final da primeira fase.


FICHA DE JOGO

Estádio do Leça FC

Campeonato de Portugal Série C 20.ª Jornada

Árbitro: Marco Pereira (AF Aveiro)

Leça 2-1 Salgueiros

Ao intervalo: 2-0

Marcadores: Samuel Teles (21 e 33) e Laércio (73)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Jorge Cristiano (27) e Matheus (81) 

Leça: Jorge Cristiano; Joel Mateus; Daniel Materazzi; Tiago Cavadas; João Paulino; Guilherme Morais; Nelsinho (Vasco Coelho, 90+1); Samuel Teles (Solomon, 71); João Paulo; José Varela (Rudy Monteiro, 71) e Isaac Cissé (Anthony, 83)

Treinador: Domingos Barros

Salgueiros: Bruno Pinto; Miguel Pereira (Ousmane Dramé, 74); Laércio; Tiago Palancha; Nandinho (Hugo Moreira, 8 (Matheus Palmerio, 74) ); Braga (João Victor, 67); Rúben Alves; Yannick Semedo; Rúben Fonseca (Stanley, 45); Zé Domingos (Gelson, 85) e Grinood

Treinador: Rui Quinta

Por: Diogo Bernardino


Partilhe:
  • 100
  • 1
  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
    102
    Shares
  • 100
  • 1
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
sendinblue