Nacional

Valor m2 atribuído pela banca atinge valor histórico em Portugal

Ribeira do Porto

Recorde foi atingido em Portugal em março e ascendeu a €1.185

O valor referência do m2 que dá suporte às avaliações bancárias no momento da concessão de crédito à habitação atingiu o valor médio de €1.185 em março passado, tratando-se de um crescimento de 6,76% face ao mesmo período de 2020 e o mais alto de sempre em Portugal desde setembro de 2015, seja para apartamentos ou moradias, anuncia o estudo mensal de maio, da consultora imobiliária Imovendo.

“Há 67 meses consecutivos que o indicador bancário evidencia um forte sinal expansionista”, alerta Nélio Leão, CEO da Imovendo.

A consultora adianta ainda que este é um sinal inequívoco de que a manutenção de asking prices em valores históricos tem suporte nas avaliações efetuadas pelos bancos, o que comprova a confiança das instituições financeiras na contínua capacidade de valorização dos ativos imobiliários nacionais a médio e longo prazos.

“A forma como os bancos avaliam os imóveis tem vindo a valorizar e isso é muito bom, pois mostra que o setor imobiliário é resiliente e aporta valor a quem o adquire”, reforça o mesmo responsável.

Por outro lado, indica o mesmo relatório mensal, o mercado imobiliário nacional está a evidenciar um forte dinamismo, extremamente saudável, alimentado, principalmente por 4 forças motrizes:

Recuperação económica, que apesar de lenta, é fruto dos avanços da vacinação, do fim do estado de emergência e da reabertura do turismo;

Retorno dos pequenos investidores ao Alojamento Local (AL), motivados pelo regresso de turistas a este que é considerado um dos mais seguros do mundo;

Manutenção das taxas de juros baixas, aliadas à contínua promoção de políticas não restritivas na concessão de crédito à habitação por parte dos bancos;

Investimento directo estrangeiro no mercado nacional, que continuam a assumir-se como um fluxo relevante nos segmentos médio-alto e alto.


Partilhe:
  • 4
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    5
    Shares
  • 4
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
sendinblue