Matosinhos assinala o Dia da Cidade Educadora com três novos projetos

Cidade Educadora Logo

Partilhe:

Translate


Amanhã, 30 de novembro
9h30 e 21 horas
Paços do Concelho e Teatro Municipal de Matosinhos-Constantino Nery[su_spacer]

Matosinhos celebra amanhã, 30 de novembro, o Dia da Cidade Educadora, contando com um extenso programa dedicado à afirmação da instrução como elemento fundamental das políticas municipais, tendo em vista o progresso efetivo do concelho, uma maior equidade, a inclusão e a igualdade de oportunidades. A Câmara Municipal de Matosinhos aproveitará para lançar os Roteiros Pedagógicos e a Plataforma Digital “Escolicidade”, projetos destinados a consolidar a relação do tecido escolar com as instituições do concelho, e ainda o Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar de Matosinhos.

Criada formalmente em 1994, a Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE) dá corpo a um processo iniciado em 1990 com o I Congresso Internacional de Cidades Educadoras, realizado em Barcelona. Matosinhos integra desde 2016 a Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras. “Tecendo uma rede de cumplicidades”, é o lema deste ano do Dia Internacional da Cidade Educadora.[su_spacer]

Roteiros Pedagógicos e da Plataforma Digital “Escolicidade”

O lançamento dos Roteiros Pedagógicos e da Plataforma Digital “Escolicidade” terá lugar às 9h30, no salão nobre dos paços do concelho, seguindo-se a construção de uma árvore da cidade educadora. Este momento, participado pelos mais novos e também por utentes das instituições sociais de apoio à terceira idade, pretende assinalar simbolicamente os objetivos da rede de Cidades Educadoras, sendo as direções das escolas convidadas a erguer o tronco da árvore, representando o compromisso com este ideal de cidade, e a colocar nela os frutos, os desejos que se pretende colher no futuro.

Será ainda cantado o hino das cidades educadoras e hasteada a bandeira da rede internacional no exterior dos paços do concelho.

Pelas 21 horas, no Teatro Municipal de Matosinhos-Constantino Nery, acontecerá a apresentação do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar de Matosinhos. A sessão contará ainda com um debate sobre o pacto local para a educação, que contará com a participação de Helena Fonseca, da Estrutura de Missão do Plano Nacional de Promoção do Sucesso Escolas, de Rui Serôdio, da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto, e do historiador Joel Cleto.[su_spacer]

PARA DOWNLOAD: Carta das Cidades Educadoras

[su_spacer][su_spacer]

1. Quem é a Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE)?

A Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE) é uma organização sem fins lucrativos que reúne os governos locais comprometidos com o cumprimento da Carta de Cidades Educadoras, que constitui o guia deste movimento mundial, iniciado en 1990, com o I Congresso Internacional de Cidades Educadoras e que se formalizou em Associação em 1994.

Atualmente, mais de 480 cidades de 36 países de todos os continentes fazem parte desta Associação. (Lista completa em: http://www.edcities.org/listado-de-las-ciudades-asociadas)

Um conjunto de 15 cidades, de distintas latitudes compõem o seu Comité Executivo, encarregue de dirigir, gerir e representar a AICE. Estas cidades são, atualmente: Barcelona (Espanha), Cascais (Portugal), Changwon (República da Coreia), Granollers (Espanha), Lisboa (Portugal), Lomé (Togo), Medellín (Colômbia), Morelia (México), Porto (Portugal), Rennes (França), Rosario (Argentina), Santo André (Brasil), Sorocaba (Brasil), Tampere (Finlândia) e Turim (Itália).[su_spacer]

2. Quais são os seus objetivos?

– Promover o cumprimento dos princípios estabelecidos na Carta das Cidades Educadoras.
– Fomentar o diálogo, a reflexão, o intercâmbio e a cooperação entre as Cidades Educadoras.
– Colocar em destaque o papel dos governos locais como agentes educadores e fomentar o seu reconhecimento como atores chave para fazer face aos reptos do século XXI.
– Reforçar as capacidades institucionais e melhorar a governança nas cidades membro.
– Levar a voz dos governos locais a instâncias internacionais e nacionais em temas de interesse para as cidades associadas.[su_spacer]

3. O Que é uma Cidade Educadora?

A Cidade Educadora aposta na educação (formal, não formal e informal) como ferramenta de transformação social, mobilizando e articulando o maior número possível de agentes educativos que operam no território. Falamos de uma educação que se estende ao longo da vida e que atravessa as diferentes esferas da vida dos cidadãos.
Implica o compromisso com um modelo de cidade regido pelos princípios da inclusão e da igualdade de oportunidades, da justiça social, da democracia participativa, da convivência entre diferentes culturas, do diálogo entre gerações, da promoção de um estilo de vida saudável e sustentável, da planificação de uma cidade acessível e interconectada, da cooperação, da paz, etc. Princípios, todos eles, incluídos na Carta de Cidades Educadoras.[su_spacer][su_spacer]


[su_spacer]


Partilhe:

Comentar