Concelho Noticias

Frutas e legumes chegam a mais crianças e alunos de Matosinhos

Frutas e legumes chegam a mais crianças e alunos de Matosinhos

A degradação dos padrões alimentares dos mais novos e o desenvolvimento de doenças graves, como a obesidade e a diabetes, levaram a Câmara Municipal de Matosinhos a implementar, há dez anos, o Regime de Fruta Escolar.

O objetivo foi promover hábitos alimentares saudáveis, incentivando o consumo de fruta e hortícolas em idades precoces.

Inicialmente, o Regime de Fruta Escolar abrangia apenas as crianças do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Todavia, consciente da importância desta medida para a saúde de todas as crianças, a autarquia decidiu alargar esta distribuição a todos os jardins de infância do concelho.
Neste ano letivo, o início do programa coincide com o Dia Mundial da Alimentação, data que se assinalou ontem, 16 de outubro.

Cinco mil alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico e duas mil crianças dos jardins de infância passam a receber, duas vezes por semana, peças de fruta ou produtos hortícolas.

À semelhança de anos anteriores, as crianças recebem a caderneta de “O Frutinhas” (mascote do projeto). Com a peça de fruta, é distribuído um cromo para cada criança colar na respetiva caderneta, procurando-se relacionar um comportamento alimentar saudável com a prática da coleção de cromos tão valorizada pelos mais novos.

No terceiro período letivo, será lançado o concurso “A História do Frutinhas”, destinado aos alunos do 1.º ciclo que concorrem com histórias sobre a mascote deste projeto. A história vencedora servirá como base para a caderneta de “O Frutinhas” do ano letivo seguinte.
Uma das novidades este ano é também a eliminação das embalagens de plástico individuais das peças de fruta distribuídas, uma medida mais ecológica que pretende diminuir a utilização de plásticos.

Sending
User Review
0 (0 votes)

Comentar