Concelho

Jovens propõem soluções para o planeta recorrendo a satélites no espaço

Alunos no CEIIA - Matosinhos

Trinta jovens de duas escolas secundárias de Matosinhos reuniram-se ontem no CEiiA com o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, para apresentarem possíveis soluções para muitos dos atuais problemas do Planeta recorrendo a satélites que já se encontram em órbita no Espaço.


O encontro foi promovido pelo CEiiA, em parceira com a Portugal Space e a Ciência Viva, com o objetivo de discutir a importância do setor espacial no futuro das novas gerações, em particular nos temas associados às alterações climáticas e à sustentabilidade do Planeta.

Usar a informação captada pelos satélites para estimular a redução das emissões de CO₂ através da monitorização e vigilância de oceanos ou facilitar a gestão sustentável do território e evitar fogos florestais foram algumas das soluções apresentadas ao ministro que tutela a pasta da Ciência pelos alunos das escolas secundárias de Matosinhos Augusto Gomes e José Gonçalves Zarco. A par disso, os jovens estudantes mostraram ainda a sua preocupação com o tema do lixo espacial, sendo necessário garantir que o mesmo não venha a causar desastres na Terra. 

Cimeira Ministerial da Agência Espacial Europeia (ESA)

Estes mesmos temas serão, agora, tópicos de conversa na Cimeira Ministerial da Agência Espacial Europeia (ESA), que se realiza esta sexta-feira nas instalações do CEiiA, e será liderada pelo ministro Manuel Heitor enquanto País anfitrião do evento. “Esta sexta-feira estarão aqui reunidos, nesta mesma sala, ministros de todos os Estados-membros da ESA para se perceber como é que podemos tirar o maior partido da tecnologia espacial para melhorar a vida na Europa, até porque os temas espaciais só têm interesse se forem utilizados pelas pessoas. Antecipar a Cimeira como fizemos hoje confirma a necessidade de se debaterem estes temas, especialmente com vocês, futuros utilizadores da informação espacial”, explicou o ministro aos alunos.  

Encontro promovido pelo CEiiA, em parceria com a Portugal Space e a Ciência Viva, teve como objetivo discutir a importância do setor espacial no futuro das novas gerações

Já Tiago Rebelo, Diretor da unidade Oceano e Espaço do CEiiA, salientou que “não basta reivindicar, é preciso construir soluções em conjunto com a Sociedade e, sobretudo, com as gerações mais novas”. “Unir a ciência e a tecnologia à voz das comunidades mais jovens para dar resposta aos desafios que atualmente todos enfrentamos não é só necessário, é imperativo. Neste momento, o Espaço apresenta-se como um aliado determinante na construção de soluções. Os dados que os satélites de captação de imagens de alta e muito alta resolução recolhem hoje em dia vão permitir a criação de algoritmos de Inteligência Artificial geradores de informação para que governos, cidades, comunidades consigam atuar mais cedo, desde a forma como se deteta o problema até à forma como se criam soluções”. 

Por fim, Luísa Salgueiro, Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, destacou a importância deste tipo de encontros e de pôr o conhecimento ao serviço das causas. “Mobilizar a nossa juventude para a resolução de problemas de sustentabilidade fazendo uso de novos meios e tecnologias é um dos desafios para o qual os mais jovens estão mais despertos. Dar voz às preocupações dos habitantes mais jovens de Matosinhos, mas também às suas propostas para solucionar os problemas, enriquece o diálogo do município na construção do nosso futuro coletivo”.


Partilhe:
  • 22
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    22
    Shares
  • 22
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •