Leça deixa fugir o sonho da subida nos últimos minutos

Coutinho e mister Mesquita

Partilhe:

Translate

Leça despede-se do sonho da subida com empate dramático diante do Alpendorada


Num final de jogo dramático, o Leça FC cedeu um empate por 2-2 frente ao Alpendorada, deixando fugir o segundo lugar e o sonho de uma possível promoção. A vitória era o único resultado que mantinha viva a esperança de subida, e o Leça parecia estar no caminho certo quando, nos primeiros 20 minutos, já vencia por 2-0.

O primeiro golo foi marcado por Garro, na transformação de uma grande penalidade, e o segundo por Zé Domingos, após uma rápida jogada de contra-ataque. Com uma vantagem de dois golos e perante uma multidão de adeptos em delírio, o Leça “relaxou” e permitiu que o Alpendorada reduzisse a diferença. Fábio, de cabeça, não desperdiçou. Após um cruzamento milimétrico para a área fez o 2-1.

O Leça acordou com o golo do Alpendorada e, minutos antes do intervalo, Santi teve nos pés a oportunidade de ampliar a vantagem, mas falhou na finalização, quando o Leça tinha superioridade numérica na área do Alpendorada.

Leça vs Alpendorada, aspecto da bancada do Leça FC

Leça “adormeceu” com o 2-0

Na segunda parte, o jogo manteve-se equilibrado, com poucas oportunidades claras de golo para ambas as equipas. Excepção feita, uma vez mais, para Santi que dispôs de uma oportunidade flagrante para “matar” o jogo, mas, de baliza “aberta”, não conseguiu finalizar. Ele que até já tinha preparada uma mensagem escrita para exibir em caso de golo, segundo deu para perceber quando levantou a camisola do equipamento.

O Alpendorada, para quem o empate era suficiente para manter o segundo lugar na tabela classificativa, não desistiu e, nos primeiros minutos dos sete de compensação, Mário Correia, de cabeça, igualou o marcador após uma saída em falso do guarda-redes leceiro. Já não havia muito tempo para recuperar e por isso seguiu-se a celebração dos visitantes e a frustração dos adeptos da casa.

O Leça, apesar de uma primeira parte fantástica, falhou na reta final. Teve duas boas oportunidades para “matar” o jogo, mas não conseguiu concretizá-las.

Presidente Leça FC

(In)justiça do Play-off de subida

Em apenas sete minutos, o Leça viu perder uma época brilhante de trabalho, na qual foi o primeiro classificado da sua Série. Com o terceiro lugar, na fase de subida, o clube deixa de sonhar com uma hipotética promoção e de participar na Taça de Portugal.

Por outro lado, talvez fosse oportuno repensar a justiça de um regulamento que não distingue o primeiro do segundo classificado, colocando o trabalho de uma época à mercê de 6 jogos (play-off). No caso concreto do Leça FC, que ficou em primeiro lugar na sua série, não foi directamente promovido ao Campeonato de Portugal, cabendo tal sorte ao Coimbrões, curiosamente o segundo classificado, a 8 pontos do Leça FC.

Filipe Mesquita criticado pelos adeptos

No final do jogo, o desânimo e a frustração foram gerais entre adeptos, atletas, dirigentes e equipa técnica. O treinador Filipe Mesquita foi inclusive vaiado e acusado por um grupo de sócios de ser o responsável pelo desfecho infeliz. Vários foram os que gritaram pela sua demissão.

No outro jogo, o Coimbrões recebeu e venceu o Aliança de Gandra por 3-1. Com este resultado, o Coimbrões é o campeão da Fase de Subida e, por isso, promovido ao Campeonato de Portugal.

Classificação Geral:

classificação final fase subida afporto 2024

Resultados Leça FC:

Resultados Leça FC fase subida AFP 2024


Partilhe: