Desporto

Leça entra no novo ano a ganhar e assume a liderança do campeonato

Amarante 1 - 2 Leça FC

Amarante 1-2 Leça FC

O Leça abre o novo ano com mais um triunfo no campeonato, na vitória mais sofrida até ao momento da época, onde o domínio do jogo foi todo do Amarante, mas a eficácia leceira fez a diferença.

Domingos Barros fez uma alteração em relação ao último encontro com o Pedras Rubras trocando João Paulino por Nelsinho.

O Leça regressava aos relvados um mês depois, devido aos adiamentos de jogos devido a casos de COVID-19 nas equipas adversárias.

Num jogo muito difícil e muito sofrido para a formação leceira, onde o Leça nunca foi superior durante os 90 minutos, conseguiu uma proeza gigante, fazer com que o Amarante perdesse esta época em casa pela primeira vez. 

O Leça tinha que saber sofrer e aproveitar nas transições frente a um adversário que gosta muito de ter posse de bola.

O Leça ia assim jogar maioritariamente no contra-ataque, para ganhar a bola e estrategicamente tentar alvejar a baliza de João Pinho. A equipa orientada por Domingos Barros pressionava muito bem na primeira fase de construção.

Apesar de mais bola do Amarante ia ser o Leça a inaugurar o marcador por Isaac Cissé aos 19 minutos , num lance onde roubou a bola ao adversário no meio-campo e arrancou até a baliza contrária colocando a bola no canto inferior esquerdo da baliza de João Pinho.

O Amarante teve algumas dificuldades na primeira meia-hora em construir jogo, mas mesmo assim sai da primeira parte com duas grandes oportunidades para concretizar, sendo a mais perigosa aos 32 minutos com a bola a bater com estrondo no poste. 

O Leça de bola parada ia criado perigo aos 41 minutos num livre bem enquadrado que não passa muito longe das redes do guardião. 

Na segunda parte, o Amarante teve mais bola e um conjunto de oportunidades, mas foi o Leça quem aproveitou na primeira jogada de perigo. 

João Paulo recupera a meio campo e mete a quinta velocidade, finta um adversário e com via aberta cruza ao segundo poste onde Marcos Junior cabeceia para o fundo das redes aos 54 minutos. Segundo golo do brasileiro na época. 

Os golos do Leça resultam de erros do Amarante que a equipa matosinhense soube aproveitar.

A partir daqui só deu Amarante com remates perigosos aos 61′,69′,77′,79′ minutos sempre com um olhar atento do guardião Jorge Cristiano.

Como se diz na gíria, água mole em pedra dura tanto bate até que fura, o Amarante ia reduzir aos 79 minutos quando na marcação de um canto surge Pacheco ao segundo poste para colocar a bola no fundo das redes.

Os deuses do futebol estavam com o Leça quando aos 85 minutos a bola embateu mais uma vez no poste. 

O staff, equipa técnica e plantel do Amarante queixou se de uma falta no coração da área aos 86 minutos sobre Piquet, a qual o árbitro deixou seguir.

Já no final, o Leça poderia ter terminado com as esperanças do Amarante em conquistar pontos quando aos 89 Jardel, na primeira jogada que faz, numa belíssima ação individual leva a bola a embater com estrondo no poste.

Ainda assim, o Amarante teve mesmo ao cair do pano uma oportunidade de ouro para empatar a partida, quando aos 90 +6 o defesa leceiro cortou a bola sobre a linha de golo. Um corte crucial e decisivo que valeu 3 pontos.

Na parte final do jogo, notou-se falta de ritmo competitivo da equipa leceira, sendo que o Amarante colocou muitos homens na linha da frente para tentar chegar ao empate.

O Amarante foi uma excelente equipa ao longo dos 90 minutos e teve a maioria do domínio do jogo, sendo um dos adversários que mais dificultou a vida ao Leça durante esta época. Mas a eficácia do Leça foi determinante para a conquista dos três pontos.

O Leça primeiro classificado com 18 pontos defronta o Trofense na próxima jornada, a 15 de janeiro às 20:30.


Ficha de Jogo:

Estádio Municipal de Amarante
Campeonato de Portugal Série C Jornada 11

Árbitro: João Santos (AF Coimbra)

Amarante 1-2 Leça

Ao intervalo: 0-1

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Camará (30), Nélson Costa (71), Jorge Cristiano (77) e Fábian Cuero (90+3)

Marcadores: Isaac Cissé (20), Marcos Júnior (54) e Pacheco (79)

Amarante: João Pinho, Ricky, Pacheco, Nélson Sampaio (Iduitua, 69), Luís Ká, Andrézinho, Nélson Piquet, Micael Babo (Alex Silva, 56), Alex Machado (Fábian Cuero, 71), Drogba Camará e Clayton Jr (Miguel Pinto, 56)

Treinador: Pedro Reis

Leça: Jorge Cristiano, Assane Baldé, Vasco Coelho, Materazzi, João Pedro, Guilherme, Samuel Teles (Cavadas, 88), Nelsinho (Henrique, 69), João Paulo, Marcos Junior (Rudy, 69) e Isaac Cissé (Jardel, 88)

Treinador: Domingos Barros


Série C – Resultados 11.ª jornada

Trofense 0-Paredes 0
Amarante FC 1-Leça 2

Adiados:
Vila Real-Pedras Rubras
Marítimo B-Gondomar

1º Leça – 19 pts
2º Trofense – 19
3º Paredes – 17
4º Gondomar – 14
5º Amarante FC – 11
6º Pedras Rubras – 10
7º Salgueiros – 9
8º Marítimo B – 6
9º Coimbrões – 5
10º Vila Real – 4
11º Câmara Lobos* – 0
12º U. Madeira* – 0

Nota: o Câmara de Lobos e o U. Madeira desistiram, com o acordo da FPF e do Governo Regional da Madeira. Clubes não serão despromovidos.

Por: Diogo Bernardino
Foto: DR


  •  
    42
    Shares
  • 41
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •