Grande Porto

Comunidades Judaica e Católica do Porto doam 20 mil euros a instituições do Porto

D. Manuel Linda e Ben Zion

Receitas do filme “A Luz de Judá” apoiam o Banco Alimentar contra a Fome, o projeto “Porta Aberta” do Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora da Conceição, a Obra Diocesana de Promoção Social da Diocese do Porto e o Centro Social e Paroquial da Sé.


Para apoiar o combate à pobreza criada pela pandemia as Comunidades Judaica e Católica do Porto reforçaram o protocolo estabelecido em 2018 e lançaram, no passado mês de junho, o filme “A Luz de Judá”, que permitiu angariar, através da visualização desta longa metragem, a quantia de vinte mil euros que foram hoje distribuídos por quatro importantes instituições do Porto.

As entidades beneficiárias são o projeto “Porta Aberta” do Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora da Conceição, a Obra Diocesana de Promoção Social da Diocese do Porto, o Centro Social e Paroquial da Sé e o Banco Alimentar contra a Fome.

Na cerimónia de ontem, dia 15, Dom Manuel Linda, Bispo do Porto, defendeu “O recente “Protocolo de amizade e cooperação” que os dirigentes da Diocese e da Comunidade Judaica do Porto assinaram é prova disso mesmo: corte com o passado de incompreensões e certeza de um futuro feito de mãos dadas.

O Presidente Dias Ben Zion, presidente da Comunidade Judaica do Porto, afirmou “Esta ação junta a história, a arte e a solidariedade. Cada pessoa que viu o filme ajudou os que têm fome, uniu-se a duas culturas e religiões e disse não ao antissemitismo.”

Entrega de bens
D. Manuel Linda e Ben Zion, entrega de bens alimentares

Foi também lida uma carta da B’nai B’rith International, organização de direitos humanos com sede em Washington, que apoiou o projeto desde o início, por estar comprometida com o atual reflorescimento da comunidade judaica portuguesa e com a luta contra o antissemitismo na Europa.

Nessa carta, Charles Kaufman lembra que “A história deste filme é de revivificação e cura numa grande nação antes perdida nas trevas da Inquisição. Não há espaço para ódio no mundo. Nós, da B’nai B’rith International, compartilharemos este filme com comunidades judaicas em todo o mundo. “

Filme “A Luz de Judá”

O filme “A Luz de Judá

O filme “A Luz de Judá” foi produzido com o apoio de filantropos judeus da América, Ásia e Euroásia, como parte de um projeto inter-religioso e de luta contra o antissemitismo que une a Comunidade Israelita e a Diocese do Porto. A iniciativa surge na sequência de um protocolo celebrado pelas duas instituições em 2018 e de um projeto conjunto apresentado ao público em dezembro, que engloba a promoção das visitas turísticas no Paço Episcopal e no Museu Judaico do Porto e a realização de quatro filmes que narram acontecimentos reais ocorridos na sociedade portuguesa, ao longo de séculos.

Este protocolo vem reforçar o bom ambiente de coexistência entre judeus e católicos que existia desde tempos antigos e foi interrompido nos reinados de D. Manuel e D. João III. Graças ao regresso de muitos judeus sefarditas, neste século XXI, e aos sucessivos encontros entre católicos e judeus do Porto nos últimos anos, para ajuda dos necessitados, foi possível reaproximar decisivamente as duas comunidades.

Partilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
sendinblue

Leave a Reply