Jovens cientistas reunem-se na maior mostra de ciência em Portugal

Alfândega do Porto
Partilhe:

Translate

Fundação da Juventude junta jovens cientistas nacionais e internacionais na maior mostra de ciência em PortugalMostra Nacional de Ciência 2023


Um estudo sobre a transformação de beatas em armações de óculos, uma pulseira que avisa os pais quando os filhos entram na água, um ecoponto de divide o lixo “sozinho”, ou um creme anti acne com base em desperdícios de camarão são alguns dos projetos selecionados para participar na maior mostra de ciência em Portugal. Organizada pela Fundação da Juventude, a Mostra Nacional de Ciência é de entrada livre e realiza-se nos dias 1, 2 e 3 de junho, na Alfândega do Porto.  

A participar estão 69 projetos científicos, de mais de 150 jovens cientistas, vindos de norte a sul, incluindo as ilhas, mas também de outros países, como Brasil, Itália ou Moçambique. Ao longo do último ano, estiveram a desenvolver, dentro e fora das salas de aula, verdadeiros “projetos científicos” nas áreas da química, biologia, ciências da terra, engenharia, mas também ciências sociais e económicas.

Mostra Nacional de Ciência 2023

Os projetos participantes foram selecionados a partir do Concurso Nacional de Jovens Cientistas, organizado pela Fundação da Juventude há mais de 30 anos. Durante a Mostra Nacional de Ciência, os projetos são avaliados por um júri de especialistas, coordenado pela Ciência Viva. Os melhores concorrem para os mais de 4.000 euros em prémios monetários e a possibilidade de representar Portugal nos maiores concursos de ciência do mundo.

Dias 1, 2 e 3 de junho, na Alfândega do Porto, centenas de estudantes e professores juntam-se
na Mostra Nacional de Ciência 2023

A Mostra Nacional de Ciência é uma plataforma onde a inovação, a criatividade e a investigação científica se cruzam. Desde investigações inovadoras nas áreas da biologia, física e química, até soluções tecnológicas brilhantes, os projetos apresentados são exemplos brilhantes do talento científico emergente em Portugal. É nosso papel estimular, desde cedo, o gosto e interesse pela ciência. Em conjunto e graças ao trabalho das várias instituições envolvidas e dos professores de todas as escolas, estamos a contribuir para um futuro com mais conhecimento, impulsionado paixão pela ciência e pelo poder das ideias”, comenta Carla Mouro, Presidente Executiva da Fundação da Juventude.

A par da mostra dos projetos, o evento conta com conferências, workshops e ações de formação para professores. Os jovens têm, desta forma, oportunidade de contactar com cientistas de referência nacional e internacional, desenvolver competências para apresentar projetos científicos e criar parcerias com outros colegas.

A Mostra Nacional de Ciência está aberta ao público na quinta-feira, dia 1 de junho, entre as 14h30 e as 18h00 e na sexta-feira, dia 2 de junho e sábado, dia 3 de junho, entre as 10h00 e as 18h00.



Partilhe: